terça-feira, 26 de outubro de 2010

Perdida em algum lugar...


“Meu mal é fazer perguntas. Desde pequena eu era toda uma pergunta...”
Ando por ai sem querer saber muito de mim. Saber pode trazer decepções...
Não sei quem sou e muito menos quero descobrir em quem eu me tornei.
Apenas já não me conheço mais, se é que um dia eu vim a me conhecer...
Tantos planos, tantos desejos...e o que tenho? O que conquistei? Nada mais que decepções, frustrações de uma vida que nunca sonhei.
Atribuições a coisas e pessoas sem nexos...mas, tenho que culpar alguém. MESMO QUE SEJA A MIM MESMO.
Sinceramente não acredito em futuro, se o presente não passa de mera ilusão.
`Pesadelos atormentam a minha vida...
Passei a ter medo de tudo, até mesmo de decepcionar a quem se ama.
“É um não saber do que fazer de si mesmo.”
É dar uma de doida pra não encarar a realidade frustrante da decepção do dia a dia.
“Respire fundo o ar da primavera. Pense o mínimo possível e analise menos ainda.”
Talvez assim ajude a encarar o mundo...eis a questão.
E o que resta? Ou melhor o que falta-me?
“Falta-me apenas o sol e a chuva...”
E vou-me...a vagar por ai em busca de mim mesmo, quem sabe não encontro pedaços pelo caminho?
Até mais...espero que dessa vez seja até breve. =D