sexta-feira, 26 de março de 2010

Completando um novo cliclo


Andei ausente e sem tempo de sequer pensar...
Carregada de obrigações, o tédio e a rotina me consumindo... era hora de gritar!
Nesse período as pessoas me perguntavam como eu estava e eu simplesmente não sabia explicar, como ainda não sei...
Sei que estou bem pelo simples fato de não estar mal, mas isso quer dizer que sou feliz, ou ao menos que eu estou feliz??? Acho que não...
Estou estagnada no tempo e não sei para onde seguir.
Estou prestes a completar mais um ciclo de vida e isso às vezes me enlouquece.
Não por estar ficando mais velha, mas por não saber quem ao menos eu sou. O que eu quero da minha vida...
São tantas perguntas sem respostas...
Sou a própria aspiral em contradição.
Jogo-me na vida e flutuou no ar... em um misto de realidade e fantasia.
Porque tem horas que precisamos do sonho para não afundar no caos do dia-a-dia.
E enfim o ciclo se renova e percebo que a cada ciclo renovado surgem mudanças que não percebemos ao logo dos dias, dos tempos...
Mas, ao parar para analisar vemos que o que somos hoje é diferente do que éramos ontem e do que seremos amanhã...
Fases de vida – amadurecimento, crescimento – a construção de uma identidade!!!
“...Perdi alguma coisa que me era essencial, e que já não me é mais.”
E chego à conclusão que não sei falar de mim.
E vou-me... deixando a minha musa inspiradora Clarice Lispector me definir:
“E ela não passava de uma mulher... inconstante e borboleta."
Au revoir!!! (Até mais ver!!!)

sexta-feira, 19 de março de 2010

Nova Fase,


Como todos já sebe eu estou de novo amor...
Pra falar a verdade não é nem tão novo assim.
Já se passaram um mês e pouco. Hehehehehe
Mas ainda eh novo neh??? Pra quem estava acostumado a ler tantas melancolias em um só lugar deve estar um pouco decepcionado(a).
Posso dizer que to feliz.
A faculdade estar me consumindo.
Aulas em cima de aulas (manhã, tarde e noite).
Pois é.
Ainda achei pouco e resolvi ter aulas de francês, violão...
Doida neh????
Eu sei...
Juízo passa longe de mim.
Mas, estou escrevendo mais pra me desculpar a vocês meus caros(as) leitores que nunca mais encontraram nenhumas novidades nesse tão parado universo de Patrícia Crispim.
Prometo que em breve estarei postando algumas coisitas novas =D.
Mas, como viram, esse período resolvi fazer muitas coisas que tinha vontade de uma vez só.
Mas to feliz, apesar de andar cansadinha demais.
Nunca se deve querer abraçar o mundo só com duas mãos mas fazer o que se tenho apenas duas????
Alguém me empresta as suas???
Brincadeiras à parte, vou indo nessa.
Já morrendo de saudadesssss...
Em breve estarei me deleitando novamente no universo das palavras, letras e tudo mais...
Até breve!!!

segunda-feira, 1 de março de 2010

Por medo de te perder eu acordei....


Depois de tanta confusão de sentimentos...
Resolvi mais uma vez abrir o jogo com você.
E declarar o quanto eu estava confusa.
Foi horrível ver o seu semblante mudar...
E dos seus olhos as lágrimas escoar.
Na hora o meu coração se partiu.
Sem saber que caminho seguir.
Sem acreditar no que eu pudesse sentir.
Momentos de silêncio.
Soluços...
Prantos de uma dor abafada.
Arrependimentos...
De repente eu percebi que meu sentimento por você era forte...
Mais forte do que poderia imaginar.
E a única certeza que eu tinha
É que já não queria ficar sem você.
Com um tempo aprendi a gostar de você.
E tive a certeza de que a cada dia que passa esse sentimento só cresce.
E assim vamos construindo uma relação sincera...
Sei que com o tempo o externo já não confundirá mais.
E poderemos viver para o nós.
Porque, afinal, foi por medo de te perder que eu acordei.